JMF Ripanço

SKU: 870

Original price was: R$149,99.Current price is: R$119,99.

66 pessoas estão visitando essa página agora!

Sobre o Produto

Sobre o produto

A José Maria da Fonseca acaba de lançar no mercado nacional o Ripanço 2013, um vinho Alentejano, proveniente da adega José de Sousa em Reguengos de Monsaraz e que utiliza uma técnica ancestral, o ripanço. O ripanço é uma técnica que remonta aos tempos romanos, tradicionalmente utilizada no Sul de Portugal para desengace manual das uvas. Assim, a técnica do ripanço consiste no desengaçamento das uvas à mão com o auxílio de uma mesa própria para o efeito (mesa de ripanço) constituída por várias ripas de madeira. Desta forma os taninos duros do engaço não são extraídos, resultando num vinho mais suave e macio, com maior elegância.

A compra da Casa Agrícola José de Sousa Rosado Fernandes em 1986 veio concretizar um sonho antigo da família Soares Franco: produzir vinho do Alentejo numa propriedade carregada de prestígio (continua mítico o José de Sousa tinto velho de 1940) e de história (produz-se lá vinho pelo menos desde 1878), utilizando métodos tradicionais de vinificação. A Herdade do Monte da Ribeira, onde se encontra a vinha, está localizada na estrada para Monsaraz e tem uma área de 120 hectares, dos quais 72 são de vinha.

A adega de vinificação, localizada no centro de Reguengos de Monsaraz, combina tradição e história com tecnologia de ponta. É esta conjugação, uma constante estrutural ao longo da história secular da José Maria da Fonseca, que faz do José de Sousa uma criação sublime, mista de artesanato e modernidade. A adega tradicional (curiosamente instalada abaixo do nível do solo de modo a preservar uma temperatura fresca e constante ao longo do ano), tem dois lagares para pisa a pé e 114 ânforas de barro para fermentação e uma mesa de ripanço. A adega moderna tem 44 tanques de inox e toda a tecnologia indispensável para a vinificação de tintos.

O ripanço, técnica utilizada neste vinho, remonta aos tempos romanos, tradicionalmente utilizada no Sul de Portugal para desengace manual das uvas. Assim, a técnica do ripanço consiste no desengaçamento das uvas à mão com o auxílio de uma mesa própria para o efeito (mesa de ripanço) constituída por várias ripas de madeira. Desta forma os taninos duros do engaço não são extraídos, resultando num vinho mais leve e macio, com maior elegância.